Covid: a saída nas mãos de indústrias sem ética

No século XVII, o desejo por uma sociedade regida pelas leis do mercado compunha o ideal revolucionário da burguesia europeia, cujo poder vinha crescendo cada vez mais no interior do sistema feudal em crise. Acreditava-se que as relações sociais guiadas unicamente pelas regras mercantis possuíam um potencial libertário, capaz de construir o reino da liberdade em contraposição ao domínio fundado…

Continuar lendo Covid: a saída nas mãos de indústrias sem ética