Ela

“Ela, a mulher./Ela, dizem, a durona, a inflexível./ Ela, segundo alguns, a (quase) megera, / a mandona./ Ela, porém, a que não dialoga com bandidos,/ a que não protege malfeitores,/ a mãe do espaço que sabe tudo,/ a que, presa e torturada,/ não entregou próximos e aliados/ na bandeja das almas./ Ela, a companheira,/ a que não dorme, vigilante,/ no carinho aos humilhados e desvalidos./ Ela, a que enxerga e revisa tudo,/ vírgula por vírgula,/ ponto por ponto,/ palavra por palavra,/ argumento por argumento./ Ela, a dona do pedaço,/ a que `sequestrou` os homens e os machos/ de seu labirinto de poder,/ de sua segurança privada,/ de seu secular refúgio./ E os deixou nus,/ calças na mão./ Ela, que outrora fez da democracia seu estandarte,/ que lutou por seu alvorecer ao longo da vida,/ que nos tempos contemporâneos,/ os tempos que correm,/ fez da democracia de novo sua bandeira./ Ela, a mulher./ Ela, a guerreira/ e seu grito de independência ou morte./ Ela, que fez das ruas a Casa das mulheres./ Ela é deste céu./ Ela é deste mar./ Ela é deste chão.”

(mais…)

Continuar lendo Ela

Eleições Municipais 2016: A Rua e o Voto

A população está desconfiada com a política. O eleitor desconfia de candidatas e candidatos em qualquer nível. `São todos ladrões`, ouve-se seguidamente. `Ninguém presta. São todos iguais`, é expressão do cotidiano ouvida frequentemente por quem está envolvido na campanha eleitoral. As poucas pesquisas eleitorais divulgadas revelam que deverá aumentar o número de votos brancos e nulos, especialmente para vereador. (mais…)

Continuar lendo Eleições Municipais 2016: A Rua e o Voto

Eleições 2016: O Micro e o Macro

Manchetes do jornal Zero Hora, do Rio Grande do Sul: “Salários devem ser parcelados todos os meses até dezembro. Servidores que haviam recebido R$ 980 até sexta prometem intensificar manifestações. Mais arrocho à vista no RS. Sindicatos prometem trabalho parcelado” (ZH, 01.08.16).

(mais…)

Continuar lendo Eleições 2016: O Micro e o Macro

Eleições 2016: Políticas Públicas e a Democracia

Políticas públicas, serviços públicos e democracia estão sob forte ameaça.

Diz o jornal Correio do Povo, do Rio Grande do Sul: “A realidade, expressa em dois projetos prontos para votação no Congresso, o PLP 257 e a PEC 241, é que os interesses de grupos que rondam o poder se sobressaem ao interesse nacional. As duas propostas não apenas quebram o Pacto Federativo, mas fazem com que a União passe a administrar os Estados em paralelo, dividindo o poder com o governador, monitorando e controlando os gastos estaduais. A PEC 241 congela os gastos públicos por 20 anos. Se aprovada, impedirá que pelo menos cinco governadores possam implementar políticas públicas de acordo com a decisão dos eleitores que os elegeram, já que não terão o controle do caixa do Estado. O PLC 257, que trata da Dívida dos Estados, determina o congelamento dos salários dos servidores pelos próximos anos e propõe o fim da estabilidade do funcionário, entre outras medidas. As duas propostas têm o apoio do governo Temer e fazem parte do programa de ajuste fiscal do ministro Henrique Meirelles” (Federalismo só no discurso, Correio do Povo, 05.08.16).

(mais…)

Continuar lendo Eleições 2016: Políticas Públicas e a Democracia

Eleições 2016: O Contexto

As eleições municipais de 2 de outubro são, no momento em que escrevo, 29 de julho, imprevisíveis. Ninguém sabe o que vai acontecer. Escrevo como alguém que participa de eleições desde 1978, 38 anos atrás, foi candidato seis vezes, a primeira vez em 1982, coordenou inúmeras campanhas, como a de Lula no Rio Grande do Sul em 1989, ou a de Tarso Genro, prefeito eleito de Porto Alegre em 1992. Até chegar a esta de 2016, onde estarei na coordenação de campanha de Cesar Schumacher, candidato a prefeito do PT de Venâncio Aires, minha terra.

(mais…)

Continuar lendo Eleições 2016: O Contexto

Caminhos Cruzados

Érico Veríssimo escreveu e publicou Caminhos Cruzados em 1935, período especialmente conturbado na sociedade brasileira. O romance foi considerado comunista e subversivo. Romance urbano, Caminhos Cruzados conta uma história coletiva, mostrando a sociedade brasileira de forma crítica, contrastando a riqueza e a pobreza, ressaltando os problemas para cada camada social. Érico retrata uma cidade inteira, compondo murais através de suas…

Continuar lendo Caminhos Cruzados

Memória e Compromisso

“Uma coisa é perdoar, outra coisa é esquecer”, disse a Irmã Sueli Bellato, referindo fala do ex-presidente da CNBB, D. Geraldo Lyrio, sobre os crimes na ditadura militar. Foi no lançamento do livro ‘Memória e Compromisso – A participação dos Cristãos na Redemocratização do Brasil e Anistia Política’, organizado pela Comissão Brasileira de Justiça e Paz, na sede nacional da…

Continuar lendo Memória e Compromisso

O Pão, a Palavra e o Projeto

“A cigana leu o meudestino./ Eu sonhei!/ Bola de cristal,/Jogo de búzios, cartomante,/ E eu sempre perguntei:/ O que será o amanhã?/ Como vai ser o meu destino?/ Já desfolhei o malmequer, / Primeiro amor de um menino./ Como será amanhã?/ Responda quem puder./ O que irá me acontecer?/ O meu destino será/ Como Deus quiser./ Como será?” A voz…

Continuar lendo O Pão, a Palavra e o Projeto

E o Futuro?

“O fenômeno mais bonito do sertão, caatinga toda seca, é quando chove. Tudo volta a ficar verde. Não se sabe de onde saem as borboletas, os animais que tinham sumido, a água borbulhando nos riachos. Nada estava morto, tudo renasce.” Foi a fala de Gogó, Roberto Malvezzi, no 10º Encontro Nacional Fé e Política, em Campina Grande, PB, estes dias.…

Continuar lendo E o Futuro?

Todas e todos Guarani-Kaiowá

Selvino Heck - Todas e todos Guarani-Kaiowá Sou filho de descendentes de alemães que vieram para o Brasil na primeira metade do século XIX. Nada sabia sobre os indígenas e sua história. O máximo que acontecia é que no dia 20 de abril – Dia do Índio – na Escola São Luiz de Santa Emília, Venâncio Aires, interior do interior…

Continuar lendo Todas e todos Guarani-Kaiowá