Carta do Movimento Nacional Fé e Política

O Movimento Nacional Fé e Política reunido em Seminário nos dias 04, 05 e 06 de maio em Fortaleza-CE, com o Tema POLÍTICAS PÚBLICAS, ÉTICA E PRÁTICAS SOCIAIS NA PERSPECTIVA …

Domingo da Ressurreição

por Tereza Pompéia Cavalcanti – PUC-Rio – fonte: IHU –  Leituras: At 10,34ª.37-43;  Col 3,1-4;  Jo 20,1-9 As leituras de hoje nos surpreendem. Nos Atos dos Apóstolos vemos Pedro atravessar as …

Os martírios de hoje e a cruz de Jesus

Em uma semana três pessoas ligadas aos movimentos sociais no Brasil foram assassinadas de forma brutal. A partir desses acontecimentos, o monge, teólogo e escritor Marcelo Barros nos apresenta uma reflexão e questiona a dificuldade que as Igrejas têm de relacionar essas três mortes à morte de Jesus, crucificado por defender uma sociedade mais justa e liberta. Ele questiona: “por que a Igreja que celebra a paixão de Jesus tem tanta dificuldade em se solidarizar e se inserir no martírio real que o povo sofre a cada dia”? Em tempos de celebração da Páscoa, o texto nos desafia a entender o martírio como forma de viver na certeza da ressurreição, trazendo presentes as testemunhas das lutas diárias por Justiça e Direitos Humanos.

Análise de conjuntura

por Pedro A. Ribeiro de Oliveira [1] Juiz de Fora, 7 de março de 2018 Apresentação Procurei neste texto abrir o horizonte temporal e espacial antes de chegar à análise …