Movimento Fé e Política de Juiz de Fora promove Segundo Encontro Regional

“Se a perna cansa é firme a esperança!”

O 2º Encontro Regional de Fé e Política da Zona da Mata Mineira foi realizado no dia 3 de novembro em Juiz de Fora, tendo como temática “Espiritualidade Político Libertadora, Iluminar o tempo presente”. A atividade foi dividida em três momentos: a parte da manhã foi dedicada a trabalhar a espiritualidade político-libertadora; à tarde foi feita uma reflexão sobre a conjuntura; e à noite foi realizado um evento para um público mais amplo. O encontro contou com a assessoria do Monge Beneditino, Marcelo Barros, dos cantores da caminhada, Zé Vicente e Raquel Passos, do sociólogo e integrante da coordenação do Movimento Nacional de Fé e Política, Pedro Ribeiro, e do cientista político do Núcleo de Estudos Políticos da PUC – MG, Robson Sávio.

A partir dos debates feitos no decorrer do evento, os participantes tiveram um momento de trabalho em pequenos grupos para aprofundar os temas e apontar novos rumos para o grupo de Fé e Política, considerando o atual contexto político, social e religioso.

O evento musical ao final da tarde contou com a presença de mais lideranças das comunidades e movimentos sociais e populares da cidade e região. Zé Vicente e Raquel Passos cantaram e encantaram a todas e todos com canções que nos motivam à caminhada. O grupo de Pastoral do Negro Axé Criança, que se constituiu embalado pelos cantos de Zé Vicente, fez sua apresentação marcando o momento com a dança. Outro momento esperado foi o diálogo de lançamento do livro de Pedro Ribeiro “Fé e Política: uma trajetória”. Pedro e Marcelo Barros envolveram a todos numa prosa inquietante onde partilharam vivências e utopias.

Vale registrar a participação de companheiras e companheiros de Teófilo Otoni, Campanha, Miradouro, Leopoldina, Barão de Cocais, Barbacena e Matias Barbosa. Foram valiosas as parcerias com a Biblioteca Redentorista, que sediou o momento do dia, e do Sindicato dos Bancários da Zona da Mata e Sul Minas, que acolheu a atividade da tarde-noite. O encontro foi encerrado com uma grande partilha de pão e suco de uva, deixando as pessoas carregadas de esperança para continuar suas andanças nestes tempos difíceis que temos pela frente.

VEJA TAMBÉM