Seminário Nacional sobre “Políticas Públicas, Ética e Práticas Sociais na perspectiva do Bem Viver”

por Ivo Lesbaupin.

Nos dias 4 a 6 de maio, em Fortaleza, foi realizado este seminário, promovido pelo Movimento Nacional de Fé e Política. Participaram 85 pessoas de quatorze estados de diferentes regiões do país, sobretudo do Nordeste. A atividade começou com uma mesa sobre “Análise da Conjuntura” composta por Juarez Guimarães, cientista político da UFMG e a Pastora Romi Bencke, presidente do CONIC (Conselho Nacional de Igrejas Cristãs). Juarez falou sobre a gravidade do momento político atual e da necessidade de resistência. A pastora Romi abordou o tema “As religiões e a política”, analisou a relação entre fundamentalismo religioso, conservadorismo e neoliberalismo e levantou desafios a serem enfrentados.

No segundo dia, houve uma primeira mesa sobre “Políticas Públicas na perspectiva do Bem Viver” com a economista Tânia Bacelar e o sociólogo Ivo Lesbaupin. A professora Tânia Bacelar traçou um quadro da situação econômica mundial dos últimos anos, analisou longamente a situação do Brasil, com destaque especial para o Nordeste. Ivo Lesbaupin falou da falência do modelo de desenvolvimento produtivista-consumista que está nos levando ao desastre ambiental e da necessidade de trilhar outro caminho, inspirado no “bem viver”.

Em seguida, na parte da tarde, ocorreu uma mesa sobre “Ética e Práticas Sociais”, com Manfredo Oliveira e Frei Betto. Manfredo abordou o desafio socioecológico e afirmou que temos de pensar a nova ética a partir de duas grandes preocupações, o cuidado com a natureza e o cuidado com o ser humano, sobre as quais desenvolveu suas reflexões. Frei Betto falou sobre a crise de paradigmas que estamos vivendo e procurou discorrer sobre a ética a partir de alguns exemplos práticos da vida cotidiana e da vida política. Cada mesa foi seguida de debates em grupo.

Ao final do segundo dia, houve uma celebração ecumênica dirigida por Marcelo Barros e com os cânticos por Zé Vicente.

O último dia foi dedicado aos relatos dos grupos, à discussão dos pontos levantados e aos compromissos que emergiram a partir dos mesmos. Ao final, foi aprovada uma carta pública do Movimento de Fé e Política sobre o momento atual (ver no site).

VEJA TAMBÉM
Os 10 mandamentos da relação Fé e Política por Frei Betto. 1º - Sem respirar ninguém vive, pois necessitamos do oxigênio contido no ar. Também não se pode viver sem beber água. A maior parte...
A caminho do 11° Encontro Nacional Fé e Política... Natal acolherá o encontro nos dias 12 a 14 de julho de 2019 Durante o Seminário Nacional de Fé e Política realizado em Fortaleza (CE) a equipe ...
Editorial – Fevereiro de 2018 Tempo de inflexão e reflexão por Frei Betto As quaresmeiras florescem nesta época do ano. Lindas e tristes as flores roxas, delicadas miçangas de um...
Preparar o terreno para o 11º Encontro Nacional por Pedro A. Ribeiro de oliveira. Em breve será oficialmente definida a data do próximo Encontro Nacional de Fé e Política, a realizar-se em Natal ...