O Pão, a Palavra e o Projeto

“A cigana leu o meudestino./ Eu sonhei!/ Bola de cristal,/Jogo de búzios, cartomante,/ E eu sempre perguntei:/ O que será o amanhã?/ Como vai ser o meu destino?/ Já desfolhei o malmequer, / Primeiro amor de um menino./ Como será amanhã?/ Responda quem puder./ O que irá me acontecer?/ O meu destino será/ Como Deus quiser./ Como será?” A voz…

Continuar lendo O Pão, a Palavra e o Projeto

E o Futuro?

“O fenômeno mais bonito do sertão, caatinga toda seca, é quando chove. Tudo volta a ficar verde. Não se sabe de onde saem as borboletas, os animais que tinham sumido, a água borbulhando nos riachos. Nada estava morto, tudo renasce.” Foi a fala de Gogó, Roberto Malvezzi, no 10º Encontro Nacional Fé e Política, em Campina Grande, PB, estes dias.…

Continuar lendo E o Futuro?

Todas e todos Guarani-Kaiowá

Selvino Heck - Todas e todos Guarani-Kaiowá Sou filho de descendentes de alemães que vieram para o Brasil na primeira metade do século XIX. Nada sabia sobre os indígenas e sua história. O máximo que acontecia é que no dia 20 de abril – Dia do Índio – na Escola São Luiz de Santa Emília, Venâncio Aires, interior do interior…

Continuar lendo Todas e todos Guarani-Kaiowá

(RE)ENCONTROS DE ESPERANÇA

(RE)ENCONTROS DE ESPERANÇA “Neste7 de novembro de 2015, quando o Trem das CEBs, com o seu 28º vagão, estacionou na Comunidade Sagrado Coração de Jesus da Rede de Comunidades Sagrado Coração de Jesus, no bairro Harmonia de Canoas, para um Encontrodas Comunidades Eclesiais de Base da Arquidiocese de Porto Alegre, celebramos e reafirmamos o nosso compromisso com a vida, e…

Continuar lendo (RE)ENCONTROS DE ESPERANÇA

CEBs ONTEM, 1983. CEBs HOJE, 2015.

CEBs ONTEM, 1983. CEBs HOJE, 2015. “1. Dias 19 e 20 MAR 83, no Salão Paroquial da Igreja da Vila São Pedro, localizado na Estrada João de Oliveira Remião, 4444 – Lomba do Pinheiro – PORTO ALEGRE/RS, foi realizado o VI ENCONTRO DE COMUNIDADES ECLESIAIS DE BASE – CEBs da Arquidiocese local, que teve como tema central ‘POVO UNIDO, SEMENTE…

Continuar lendo CEBs ONTEM, 1983. CEBs HOJE, 2015.

Comida de Verdade

COMIDA DE VERDADE Não faz muito, o segundo maior problema do Brasil era a fome. Não é mais. Hoje, o Brasil é exemplo para o mundo de combate à fome e à extrema pobreza e de consolidação de políticas de segurança alimentar e nutricional (SAN) e soberania alimentar. O primeiro problema brasileiro, desde sempre, e continua, é a desigualdade social…

Continuar lendo Comida de Verdade

“ESSE É O NOSSO PAÍS”

“ESSE É O NOSSO PAÍS” Este é um tempo estranho. Estes são tempos estranhos. Às vezes, bate a desesperança, um olhar meio sem horizonte. Mas aí a gente descobre coisas, fatos, acontecimentos, e vê que não é pra tanto.Há résteas por onde passam a lucideze o futuro. Ainda não pude ver “Que horas ela volta?”, filme de Anna Muylaert, elogiado…

Continuar lendo “ESSE É O NOSSO PAÍS”

UM FURACÃO NA AMÉRICA DO SUL

UM FURACÃO NA AMÉRICA DO SUL “Que tempos são esses em que a palavra mais avançada no mundo é a do Chefe de Estado do Vaticano?”, perguntou Andressa Caldas, do Instituto de Políticas Públicas em Direitos Humanos do MERCOSUL, na Cúpula Social do MERCOSUL em Brasília, com o título “Avançar no MERCOSUL com mais Integração, mais Direitos e mais Participação”.…

Continuar lendo UM FURACÃO NA AMÉRICA DO SUL

OS TEMPOS URGEM E RUGEM

OS TEMPOS URGEM E RUGEMSelvino Heck Os tempos ardem no mundo. Crise econômica.Crise social. Crise política. Crise ambiental. Crise cultural e de valores.Intolerância e ódio. Guerras. Os tempos ardem na Europa do desemprego massivo dos jovens. E na Grécia, onde haverá um referendo no domingo, consultando povo e sociedade sobre suas opções para os próximos anos. Com razão, os gregos,…

Continuar lendo OS TEMPOS URGEM E RUGEM

ÁGUAS DA PRIMAVERA E SEMENTES DE ESPERANÇA

ÁGUAS DA PRIMAVERA E SEMENTES DE ESPERANÇA Boa nova. Chego em Campina Grande sexta de manhã, volta a Brasília só na segunda, ‘seco’ por um chimarrão. Eis que, no meio das apresentações dos participantes da reunião, entra alguém com uma cuia na mão, chimarrão pronto, para me salvar. Era o Chico Esvael, gaúcho de Bagé, ‘perdido’ na Paraíba, músico e…

Continuar lendo ÁGUAS DA PRIMAVERA E SEMENTES DE ESPERANÇA