Eleições Municipais 2016: A Rua e o Voto

A população está desconfiada com a política. O eleitor desconfia de candidatas e candidatos em qualquer nível. `São todos ladrões`, ouve-se seguidamente. `Ninguém presta. São todos iguais`, é expressão do cotidiano ouvida frequentemente por quem está envolvido na campanha eleitoral. As poucas pesquisas eleitorais divulgadas revelam que deverá aumentar o número de votos brancos e nulos, especialmente para vereador. (mais…)

Continuar lendo

Eleições 2016: Políticas Públicas e a Democracia

Políticas públicas, serviços públicos e democracia estão sob forte ameaça.

Diz o jornal Correio do Povo, do Rio Grande do Sul: “A realidade, expressa em dois projetos prontos para votação no Congresso, o PLP 257 e a PEC 241, é que os interesses de grupos que rondam o poder se sobressaem ao interesse nacional. As duas propostas não apenas quebram o Pacto Federativo, mas fazem com que a União passe a administrar os Estados em paralelo, dividindo o poder com o governador, monitorando e controlando os gastos estaduais. A PEC 241 congela os gastos públicos por 20 anos. Se aprovada, impedirá que pelo menos cinco governadores possam implementar políticas públicas de acordo com a decisão dos eleitores que os elegeram, já que não terão o controle do caixa do Estado. O PLC 257, que trata da Dívida dos Estados, determina o congelamento dos salários dos servidores pelos próximos anos e propõe o fim da estabilidade do funcionário, entre outras medidas. As duas propostas têm o apoio do governo Temer e fazem parte do programa de ajuste fiscal do ministro Henrique Meirelles” (Federalismo só no discurso, Correio do Povo, 05.08.16).

(mais…)

Continuar lendo

Eleições 2016: O Contexto

As eleições municipais de 2 de outubro são, no momento em que escrevo, 29 de julho, imprevisíveis. Ninguém sabe o que vai acontecer. Escrevo como alguém que participa de eleições desde 1978, 38 anos atrás, foi candidato seis vezes, a primeira vez em 1982, coordenou inúmeras campanhas, como a de Lula no Rio Grande do Sul em 1989, ou a de Tarso Genro, prefeito eleito de Porto Alegre em 1992. Até chegar a esta de 2016, onde estarei na coordenação de campanha de Cesar Schumacher, candidato a prefeito do PT de Venâncio Aires, minha terra.

(mais…)

Continuar lendo

Caminhos Cruzados

Érico Veríssimo escreveu e publicou Caminhos Cruzados em 1935, período especialmente conturbado na sociedade brasileira. O romance foi considerado comunista e subversivo. Romance urbano, Caminhos Cruzados conta uma história coletiva, mostrando a sociedade brasileira de forma crítica, contrastando a riqueza e a pobreza, ressaltando os problemas para cada camada social. Érico retrata uma cidade inteira, compondo murais através de suas…

Continuar lendo

Memória e Compromisso

“Uma coisa é perdoar, outra coisa é esquecer”, disse a Irmã Sueli Bellato, referindo fala do ex-presidente da CNBB, D. Geraldo Lyrio, sobre os crimes na ditadura militar. Foi no lançamento do livro ‘Memória e Compromisso – A participação dos Cristãos na Redemocratização do Brasil e Anistia Política’, organizado pela Comissão Brasileira de Justiça e Paz, na sede nacional da…

Continuar lendo

O Pão, a Palavra e o Projeto

“A cigana leu o meudestino./ Eu sonhei!/ Bola de cristal,/Jogo de búzios, cartomante,/ E eu sempre perguntei:/ O que será o amanhã?/ Como vai ser o meu destino?/ Já desfolhei o malmequer, / Primeiro amor de um menino./ Como será amanhã?/ Responda quem puder./ O que irá me acontecer?/ O meu destino será/ Como Deus quiser./ Como será?” A voz…

Continuar lendo

E o Futuro?

“O fenômeno mais bonito do sertão, caatinga toda seca, é quando chove. Tudo volta a ficar verde. Não se sabe de onde saem as borboletas, os animais que tinham sumido, a água borbulhando nos riachos. Nada estava morto, tudo renasce.” Foi a fala de Gogó, Roberto Malvezzi, no 10º Encontro Nacional Fé e Política, em Campina Grande, PB, estes dias.…

Continuar lendo

Todas e todos Guarani-Kaiowá

Selvino Heck - Todas e todos Guarani-Kaiowá Sou filho de descendentes de alemães que vieram para o Brasil na primeira metade do século XIX. Nada sabia sobre os indígenas e sua história. O máximo que acontecia é que no dia 20 de abril – Dia do Índio – na Escola São Luiz de Santa Emília, Venâncio Aires, interior do interior…

Continuar lendo

(RE)ENCONTROS DE ESPERANÇA

(RE)ENCONTROS DE ESPERANÇA “Neste7 de novembro de 2015, quando o Trem das CEBs, com o seu 28º vagão, estacionou na Comunidade Sagrado Coração de Jesus da Rede de Comunidades Sagrado Coração de Jesus, no bairro Harmonia de Canoas, para um Encontrodas Comunidades Eclesiais de Base da Arquidiocese de Porto Alegre, celebramos e reafirmamos o nosso compromisso com a vida, e…

Continuar lendo
Fechar Menu