Como se faz um Ano Novo

Como se faz um Ano Novo
Photo by Jude Beck on Unsplash

Nos ritos sociais da festa de Ano Novo, as famílias se reúnem para o réveillon, abrem garrafas de champanhe e se abraçam com os mais sinceros desejos de um feliz 2020.

Continuar lendo Como se faz um Ano Novo

Pôr os dedos nas chagas dos Crucificados do mundo

por Marcelo Barros. Nesse 2º Domingo da Páscoa, o evangelho lido hoje nas Igrejas (João 20, 19- 31) revela que todas as vezes que nos reunimos no nome de Jesus refazemos e atualizamos aquele encontro dos discípulos com o Ressuscitado. Hoje vivemos ainda em salas fechadas e temos motivos de ter medo. O mundo atual parece mais inóspito e menos…

Continuar lendo Pôr os dedos nas chagas dos Crucificados do mundo

Os martírios de hoje e a cruz de Jesus

Em uma semana três pessoas ligadas aos movimentos sociais no Brasil foram assassinadas de forma brutal. A partir desses acontecimentos, o monge, teólogo e escritor Marcelo Barros nos apresenta uma reflexão e questiona a dificuldade que as Igrejas têm de relacionar essas três mortes à morte de Jesus, crucificado por defender uma sociedade mais justa e liberta. Ele questiona: "por que a Igreja que celebra a paixão de Jesus tem tanta dificuldade em se solidarizar e se inserir no martírio real que o povo sofre a cada dia"? Em tempos de celebração da Páscoa, o texto nos desafia a entender o martírio como forma de viver na certeza da ressurreição, trazendo presentes as testemunhas das lutas diárias por Justiça e Direitos Humanos.

Continuar lendo Os martírios de hoje e a cruz de Jesus

No Caminho do Che

por Marcelo Barros No contexto social e político que, atualmente, vivemos no Brasil e em toda a América Latina, é importante lembrarmos que nesse 07 de outubro se completaram 50 anos do martírio do comandante Ernesto Che Guevara. Vale a pena refletir que importância essa memória tem para nós e para a luta pacífica por um mundo de mais justiça…

Continuar lendo No Caminho do Che

Hora de caminhar, hora de parar

por Marcelo Barros "Debaixo do céu, há momento para tudo e tempo certo para cada coisa. Tempo para nascer, tempo para morrer. Tempo para plantar, tempo para colher. tempo para construir e tempo para destruir... Que proveito o trabalhador tira de todo o seu cansaço?" (Ecle 3, 1- 9). Enquanto, na Bíblia, o Eclesiastes, um dos livros sapienciais, relativiza cada…

Continuar lendo Hora de caminhar, hora de parar