Nota de Repúdio à Intervenção nos Institutos Federais

Nota de Repúdio à Intervenção nos Institutos Federais

O Movimento Nacional Fé e Política vem a público repudiar a intervenção feita pelo MEC nas instituições federais de educação profissional, o IFRN e o IFSC, ao não nomear os reitores eleitos, respectivamente, os professores José Arnóbio de Araújo e Maurício Gariba Junior, por suas comunidades acadêmicas.

A ação do MEC fere de morte a democracia, desrespeita os servidores e estudantes, bem como a toda a sociedade. É um precedente grave para que outras arbitrariedades sejam cometidas contra as instituições do país.

No caso do IFRN, o argumento cínico levantado pelo MEC quanto à sindicância aberta contra o reitor eleito, José Arnóbio, constitui-se numa falácia, visto que o objeto que motivou a denúncia por um membro do MBL nos atinge, pois remete à realização do XI Encontro Nacional do Movimento Fé e Política, sediado no Campus Natal Central em julho de 2019, e sobre o qual nos cabe total responsabilidade.

Reafirmamos nosso compromisso com a verdade, com a democracia, com o espírito republicano e reforçamos a urgência de empossar os reitores eleitos democraticamente.

#PossedoReitorEleito

Movimento Nacional Fé e Política