Carta compromisso do 11º Encontro Estadual do Movimento Fé e Política

Carta compromisso do 11º Encontro Estadual do Movimento Fé e Política
Participantes do 11º Encontro Estadual no Espirito Santo
Participantes do 11º Encontro Estadual no Espirito Santo

por Claudio Vereza.

S. Gabriel da Palha – Norte do ES, 26 de Maio de 2019

Caros irmãos e irmãs de todas as Vidas,
Paz e Bem!

Reunidos em 26 de Maio de 2019, em S. Gabriel da Palha – ES, no 11º Encontro Estadual do Movimento Fé e Política, com o tema “Democracia, Políticas Públicas e Alternativas Sociais: Sinais dos tempos na Construção do Bem Viver”;

Sensibilizados pela maravilhosa recepção aos mais distantes, na véspera, dia 25 de Maio, nas casas e nas hospedarias locais que aliviaram a alguns, as horas de viagem, alegres e motivados, pelas estradas capixabas de Norte a Sul;

Animados ao acordar com o badalar do sino e um lauto Café da Manhã, vindo das Paróquias distantes, numa verdadeira multiplicação dos frutos e dos pães, na chamada Casa de Vidro e na Praça em frente, ao som da Banda Musical Jair da Luz;

Assim aconteceu a Bênção Inicial, seguida da linda Mística, usando os dons da natureza, a luz da Palavra, Fé crente e descrente, a socialização do martírio do povo com o lamento “Como te Cantarei Senhor…” e declamação do Salmo de Pe. Gabriel “Olha para teu povo Senhor”, louvação ecumênica à memória triste de Mariana e Brumadinho, oração pelo Rio Doce, Rio Paraopeba e todas as águas do Brasil, com a pergunta: “Que água vamos tomar?”;

Participantes em passeata no 11º Encontro Nacional no Espirito Santo
Participantes em passeata no 11º Encontro Nacional no Espirito Santo

Alimentados pelo lauto Café e pela Mística, tendo visto de maneira reflexiva o que acontece no mundo e então, surgiram sugestões para o “tempo de revirar”: O GAL, a Mulher do Campo e da Cidade, Agricultura Familiar, várias Políticas Públicas como a Educação, a Saúde e a Segurança, o Respeito à Diversidade e outras sugestões que foram condensadas na fala do Professor Dr. Arlindo Villaschi Filho, da Pastora Dra. Claudete Beise Ulrich do ICLEB – Luterana e do Pe. Moacyr Pinto, Assessor das Pastorais Sociais da Diocese de S. Mateus.

O Professor Arlindo tratou da questão econômica com uma Análise de Conjuntura que nos desafia a lutar. A Pastora Claudete, o completou salmodiando o Salmo 8, a Fé plural de Jesus, porque nosso Deus é o Deus de todos. Estes desafios são arrematados pela fala do Pe. Moacyr que nos conclama a ser, entender e praticar o diálogo cristão que propõe o Amor e não as armas, o Amor e não a violência, o Amor e não a corrupção, através do Ensino Social da Igreja.

E assim, as 284 pessoas inscritas e, mais os muitos que se entrosaram na caminhada pelas ruas da cidade, na luta conclamam pela saúde e por todos os direitos do cidadão que hoje estão sendo extintos.

O desafio de tecer a Esperança, mostrado nas falas dos diversos participantes e sugerido na fala do povo, que grita, por:

Formação Libertadora da Base ao Clero; Formação de Jovens para Lideranças Políticas; Intensificar a inserção e formação Fé e Política da Juventude; Reforçar as Pastorais, o Ecumenismo e GAL; Resgatar e incentivar o Grito dos Excluídos; Denunciar os Três Poderes à luz da Fé; Resgatar a leitura e interpretação da Bíblia no contexto social; Formação Política para a Base pela unidade e o estar presente; Multiplicar os Movimentos Sociais e unificar ações, campo e cidade; Participação no Movimento do dia 30/05/2019; Criação de um Observatório de Formação e Informação; Elaboração de um Abaixo Assinado para Emenda Parlamentar, revogando a Lei que congela os gastos públicos; Levar o Encontro Fé e Política a nível Municipal; Colocar os nomes à disposição para candidaturas e dar apoio aos que tiverem o real compromisso com as questões sociais; Comissão formada com participantes deste Encontro para conversar com os Padres e Lideranças da Grande Vitória sobre o Bem Comum; Pedir apoio às Lideranças das diversas Confissões Religiosas para nos alimentar o espírito de luta e que as Lideranças Religiosas sejam comprometidas com a espiritualidade do Movimento Fé e Política.

E assim, diante de tanta riqueza de corações e mentes, os palestrantes nos motivaram a continuar a luta por justiça, no cuidado com o Ser Humano.
Fortalecidos pelas preciosas reflexões e espiritualidade do Encontro, fomos enviados pela Graça e a Sabedoria do Bem Viver, animados pelo refrão: “Vamos embora que o momento é agora!…”

Redação: Maria José Lima Pitol, Graça Andreatta e Josilane de Vasconcelos Mendes.
Carta lida em Plenária e aprovada pelos Participantes do 11º Encontro Estadual do Movimento Fé e Política, em S. Gabriel da Palha – ES.

Cláudio Vereza
Cláudio Vereza
Fechar Menu