Carta de Princípios

O Movimento Fé e Política realizou seu 10º Encontro Nacional em Campina Grande-PB, em abril de 2016, na semana seguinte ao triste espetáculo oferecido pela Câmara de Deputados ao aceitar o processo de impeachment invocando o nome de Deus. Apesar do desalento que isso provocou em todas as pessoas que fazem da política um instrumento para a construção da Justiça e da Paz na Terra, tivemos um encontro que reavivou a Esperança e renovou o ânimo para o serviço às causas populares.

Ao avaliar os estragos sociais, econômicos e culturais provocados pelo golpe de 2016, que fere a própria Constituição cidadã de 1988, a Coordenação Nacional pretende estimular atividades que revigorem os grupos de Fé e Política nas bases locais e regionais. Nesse contexto é importante retomar a inspiração original do Movimento, expressa na Carta de Princípios.

CARTA DE PRINCÍPIOS

Existem no Brasil inúmeros grupos de pessoas que, inspiradas na mensagem evangélica, atuam em movimentos populares, sindicatos, partidos políticos e outros espaços de organização social. Algumas dessas pessoas se reúnem em grupos informais de reflexão, celebração e aprofundamento. A maioria, porém, se sente isolada e necessita de meios de reflexão para a sua prática. É nesse contexto que atua o Movimento Fé e Política.

O Movimento Fé e Política é ecumênico, não confessional e não partidário. Está aberto a todas as pessoas que consideram a política uma dimensão fundamental da vivência de sua fé, e a fé o horizonte de sua utopia política.

Voltando para a construção de uma sociedade alternativa ao capitalismo neoliberal, o Movimento tem o objetivo de fomentar a reflexão política, a vida espiritual e a subjetividade daqueles que estão comprometidos com uma prática política e social. Os participantes do Movimento Fé e Política atuam em movimento sociais, organizações populares ou partidos políticos; assumem a causa dos pobres, dos oprimidos e dos excluídos; conferem prioridade ã conscientização e organização popular; recusam a manipulação das bases; afirmam as classes populares como principal sujeito da própria história; rejeitam todos os valores calcados no individualismo e na absolutização do mercado e reafirmam, como valores fundamentais para o ser humano, a solidariedade, a cooperação e o direito de todos à vida em plenitude. Comprometem-se com o exercício da cidadania ativa e a construção de uma sociedade socialista, democrática, plural e planetária.

O Movimento Fé e Política pretende ser um serviço de formação e informação sobre questões de política, cultura, ecologia, ética e espiritualidade. Ele pretende reforçar e estimular a experiência dos grupos de reflexão, celebração e aprofundamento.

Itatiaia/RJ,03 de outubro de 1999

Vigília da Festa de São Francisco

Responsive image
Responsive image
Responsive image
Responsive image